KANBAN: conheça a metodologia japonesa para otimização de processos

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Ainda hoje nas empresas, os problemas com os processos e projetos são comuns. Causando perdas de eficiência, recursos e tempo na produção.

Surgido na década de 1970, nas fábricas da montadora japonesa Toyota, o Kanban integra a metodologia de produção do Toyotismo. O método nasceu para proporcionar melhorias na produção da empresa japonesas, com a redução de atrasos, a partir da coordenação das etapas de produção.

Porém, o método Kanban não se aplica apenas a grandes empresas, com muitos processos. Podendo ser aplicado por empresas de qualquer porte, dado que o ganho de eficiência será proveitoso para qualquer indústria e qualquer processo.

Neste artigo, vou apresentar como este método funciona e pode ser aplicado, para que você consiga otimizar os seus processos. Sejam eles grandes ou pequenos.

O que é o método Kanban?

O nome Kanban significa, literalmente, em japonês, Cartões de Sinalização. E o próprio nome já sugere o que é este método.

O Kanban, em resumo, é um método de programação e controle da produção, que utiliza cartões para sinalizar e orientar o processo produtivo.

Com o método, é possível programar e controlar o processo produtivo, com flexibilidade de produção, pois passam a ser gerenciados pequenos lotes. Além disso, é possível reduzir a quantidade de estoque em processo e do produto acabado, pois estarão perfeitamente ajustados à demanda de cada parte do processo.

Como funciona o sistema Kanban?

Cada cartão possui uma cor específica, que indica a prioridade de alerta e ação, relativo ao material do cartão.

As cores são dispostas em verde, amarelo e vermelho. Os cartões das cores verdes são os cartões normais, não demandam ações emergenciais.

Já os cartões de cores amarelas se referem aos materiais que necessitam de reposição. Quando há cartões nesta cor, é necessário produzir o item, pois o estoque atual já está sendo quase esgotado.

Por fim, os cartões da cor vermelha demandam ações imediatas. Caso o cartão de determinado material esteja nesta cor, significa que o material já se esgotou e a produção está parada aguardando a reposição.

As regras do Kanban

A primeira regra é a da “Prioridade”, onde o cartão vermelho sempre terá prioridade, seguido pelo cartão amarelo e por último o cartão verde.

A regra da “Preferência” é a segunda, onde, após a execução do cartão vermelho, havendo mais de um cartão amarelo no quadro, deve-se dar preferência ao cartão que exige menor tempo de set-up, ou então ao cartão que terá necessidade de uso imediato.

Outra regra importante é de que um processo somente pode ocorrer após o outro. Desta forma, os processos funcionam em sequência.

Também devemos seguir a regra de que determinado processo somente irá produzir a quantidade demanda anteriormente, pelo processo seguinte. Desta forma, não haverá excesso de estoque.

Outras regras dizem respeito à atenção que deve existir aos cartões. Por exemplo, não deve ocorrer produção sem que haja um cartão dedicado ao material, no quadro Kanban.

Não devem haver, também, peças sendo movimentadas na produção, sem cartões afixados.

Sempre que os cartões Kanban vermelhos forem usados, deverá ser feito um registro e pesquisada a causa, já que indicam problemas.

As vantagens do método

A aplicação do método Kanban, em um processo produtivo, irá aumentar a eficiência de toda a produção. Pois, possibilitará controle de várias variáveis, como tempo de produção, estoque e cronograma das partes produtivas.

É possível, ao responsável pelo processo produtivo, acompanhar, controlar e programar toda a sequência, de modo visual e direto. O número de paradas de produção também será reduzido, dado que a comunicação entre as partes será direta, já no chão-de-fábrica.

O Kanban aumenta o comprometimento dos profissionais envolvidos com o processo produtivo, gerando um sentimento de responsabilidade global, entre todos os envolvidos.

Mas os benefícios somente serão alcançados com envolvimento, comprometimento e treinamento completo de todo e equipe da produção. Já que a aplicação do Kanban apresenta benefícios de rotina contínuos e que, por isso, devem ser aprimorados sempre.

O sucesso do KANBAN dependerá da disciplina das pessoas em aplicar as regras e também, da comunicação eficaz entre todos os envolvidos.

Gostou de conhecer mais sobre o método Kanban? Aqui na Performa Mais, já auxiliamos diversas empresas a aumentarem sua produtividade, aplicando métodos inteligentes, como o Kanban.

Quer saber como aplicar em sua empresa?
Ligue agora para o Engº. Alexandre Anbar (17) 98112-1978, ele está à disposição para atendê-lo, ou envie sua mensagem no campo de contato abaixo e iremos responder às suas dúvidas.